sexta-feira, 25 de março de 2011

Excedente orçamental de Fevereiro passa a défice de 2,5 mil milhões em 30 dias

Da série "O Inginheiro" mente mais do que o Pinóquio.

«A Administração Central vai chegar ao fim do primeiro trimestre de 2011 com um défice de 2.544 milhões de euros. Em apenas um mês, Estado, Fundos e Serviços Autónomos - a verdadeira "máquina" do sector público - vêem assim evaporar-se o excedente volumoso obtido até Fevereiro, que se torna assim num "buraco" de cerca de 1,5% do PIB».

Fonte: Negócios Online

2 comentários:

joao disse...

não sei porque, mas cheira-me que quando se fizer uma auditoria às contas do estado, só se vai encontrar la o catalogo dos fatos italianos do sr. Sócrates

estamos todos lixados

Nuno Sá disse...

Fdx! Há uma coisa que me incomoda! Todos fazemos orçamentos, sejam domésticos, sejam no trabalho, sejam apenas raciocínios teóricos! Se corre mal, é uma bronca do tanas, estes gajos fazem disso hobbie e ninguém lhes diz nada?! Contudo, eu de Economia nada percebo...