terça-feira, 22 de março de 2011

O meu boicote.

Há vários dias (semanas até) a esta parte que me contactam com o propósito de me convencerem a assistir a um dos dois concertos do Roger Waters no Pavilhão Atlântico. Ainda há pouco estive sujeito a mais uma tentativa de aliciamento. Mas não! Ainda ponderei, mas é melhor ficar por casa. Sem o Senhor que se segue presente, a minha ida ao concerto apenas me daria consternação e frustração.
Não há nada como o genuíno...


2 comentários:

Raquel disse...

Entendo-o!

Sérgio disse...

Aleluia!!! Alguém que me compreende! Bendita seja Raquel. ;)