quinta-feira, 27 de maio de 2010

Maricas, lésbicas, transexuais e outras categorias...

À bocado fui dar uma cachimbada ali ao lado e enquanto este acendia, pus-me a ler este post do Paulo Marcelo.

Segundo este relata, o BE prepara-se para apresentar uma iniciativa legislativa que vai permitir que um gajo careca e de barba possa ter o sexo feminino no papel (bilhete de identidade) e chamar-se Maria Joaquina (perdoem-me as Marias e Joaquinas, não pretendo ofende-las).

Ao mesmo tempo, uma gaja de cabelo comprido e com umas brutas mamas pode ter o sexo masculino no papel (bilhete de identidade) e chamar-se António Manuel (mais uma vez perdão a mim, aos restantes Antónios e todos os Manueis).

Ora, sempre é uma forma de passar ao lado da crise. Assim, só têm que dizer mal do que os outros fazem incentivar à revolta popular e quanto a medidas objectivas... pois casem-se os homossexuais, faça-se inseminação artificial ás nossas custas ás lésbicas (ainda não sei como vão resolver o problema da descriminação com os homossexuais) e mude-se o sexo no bilhete de identidade.

Um deste dias, arriscamos-nos, em qualquer autocarro ou mesmo no metro, a levantarmos-nos para ceder o lugar a uma senhora e levar-mos um murro nos cornos de alguém que de seguida coça... bem supostamente seria os tomates.

Bem. Apagou-se o cachimbo. Vou andando, então.

Fonte: Cachimbo de Magrite

2 comentários:

Rui Moreira disse...

"Um deste dias, arriscamos-nos, em qualquer autocarro ou mesmo no metro, a levantarmos-nos para ceder o lugar a uma senhora e levar-mos um murro nos cornos de alguém que de seguida coça... bem supostamente seria os tomates."

ahahahahahahahahahahahahahahhaha

já esteve mais longe esse dia.

Raquel disse...

heheheh

Tanto preconceito meus senhores!

mais grave do que isso é saber de que forma vamos explicar o novo conceito de família às criancinhas!
De que forma se reproduzem, como se intitulam a femea e o macho, etc!


;)