terça-feira, 25 de maio de 2010

*$&"$#%&/()

... Que é para não lhes chamar filhos da mãe deles, que por sinal é uma senhora de índole duvidosa....

Eu acredito em Queirós... E acredito nesta selecção... E por acreditar eu apostei várias dezenas de euros em como esta selecção começava o trajecto para o mundial com uma vitória frente a Cabo Verde...

E quando digo várias digo bastantes, muitas mesmo...

E perdi... Porque este gajos andam a brincar aos mundiais... Fico pior que estragado quando vejo gajos como estes a jogarem mal, pura e simplesmente porque acham que basta... Assim, vão ser sempre uns quase bons.

Quem avisa amigo é...

8 comentários:

Raquel disse...

É por isso que jogo/aposto "feijões"....LOL

vai correr melhor...ESPERO!

Rui Moreira disse...

A Raquel é que faz bem! já dizia a minha bisavó (pelo menos a minha mãe diz que a avó dela dizia): "teima, teima... mas não apostes" :)

Paulo Novais disse...

Pois é meu caro.
Já dizia a tua bisavó e a minha avó também.
Pelo menos é o que dizem a minha mãe e a tua também... :D
Hehehe

Sei que não dá tanta pica nem mexe tanto com a adrenalina, mas se calhar para a próxima doava essa massa talvez à UNICEF ou outra instituição qualquer.

Chapéus há muitos...
:)))

Abraço (este é de graça)

Paulo Novais disse...

Falei nisto das mães e avós porque sei que a tua avó conhecia muito bem a minha mãe.
:)

maria teresa disse...

Com que então, o parolo do "nosso angolano"apostou e perdeu!
Bem feito.Mais lhe valia ter estado quieto.Ou será que ele ainda não percebeu que desta vez vamos ganhar... mas é juízo?m

Paulo Novais disse...

Pois. O palerma.
Acho que o sol lhe está a fazer mal à moleirinha.
Apostar na selecção? Sinceramente. Se ainda fosse no Benfica!
:)

Rui Moreira disse...

heheheheheheheheeehehehehehehehehe, gozem, quando dermos três secas ao brasil não venham pedir para pagar jantaradas com os 30 mil aérios que vou ganhar :)

p.s. - prometo que dou uma parte à unicef

maria teresa disse...

O Paulo é que tem razão,o sol está a fazer-te mal à cabeça...
Olha que eu mando-te internar!
beijos